1 - De D.D. Palmer ao primeiro ajuste


Sempre que lemos sobre a história da Quiropraxia é comentado sobre a origem da manipulação articular, principalmente com ênfase na coluna. Fala-se sobre os egípcios, os polinésios, os chineses, e logo chegamos à Hipocrates, na Grécia. Mas se por um lado é filosófica e historicamente bonito nos remeter tão longe no passado, por outro isso não tem o menor sentido. É como dizer que as primeiras ferramentas criadas pelo homem são a origem histórica da cirurgia. Assim como os cirurgiões fazem uso de utensílios que foram desenvolvidos ao decorrer da evolução humana, nós quiropraxistas nos valemos de algumas "ferramentas" que também foram desenvolvidas com a evolução humana, mas tal como cirurgião, o contexto e objetivo é tão diferente do passado, que a comparação histórica e atribuição de origem pode confundir muito os conceitos da profissão.

É por isso que, para o autor, a história da Quiropraxia como profissão, com seus respectivos objetivos, começa com D.D. Palmer, e não com os antigos manipuladores.


De D.D. Palmer ao primeiro Ajuste.

Daniel David Palmer em 1906 Daniel David Palmer nasceu em 7 de Março de 1845, em um vilarejo chamado Audley (na época era chamado de Brown Corners) em Pickering* - Ontario - Canada **.

D.D. começou a frequentar a escola com 4 anos de idade, mas teve de parar aos 11 anos, pois seu pai estava falindo e D.D. era o filho mais velho e portanto o único que "podia" ajudar na renda da família. De qualquer forma, seu pai o instruía a comprar roupas, livros e se cadastrar em bibliotecas para que pudesse estudar algumas horas antes e depois do trabalho.

Há relatos que ainda criança, D.D. era extremamente curioso e carismático, gostava de aprender sobre todos os assuntos, e era descrito por aqueles que o conheciam como um garoto alegre, saudável e de mente excepcional.Gostava em especial de anatomia anatomia, a ponto de colecionar ossos de animais.


Devido a esse estudo nas horas livres, D.D. concluiu educação prática aos 21 anos.

Viajou para os EUA em 1865, onde trabalha com apicultura e mercearia até começar a atuar como magneto terapeuta. Especula-se que entre o começo de seu estudo da cura magnética até a atuação passaram mais de 10 anos.

Naquela época, a Medicina ainda estava mal estruturada e não contava com padrão de ensino universitário, o que colaborava para muitos questionamentos, inclusive de D.D. Palmer, quanto ao conhecimento médico da época.

Em 1885, começa a atuar como magneto terapeura. Quase com certeza, podemos afirmar que o sucesso se deu devido á cura magnética. De uma única sala, D.D. Palmer alugou quase o prédio inteiro, chegando a 8 salas e aumentando sua renda anual em 1300%

Segundo o próprio D.D., ele praticou magnetoterapia pelos 9 anos anteriores ao descobrimento dos princípios que o levariam a criar a Quiropraxia. Em 1895, tudo se junta e culmina no caso de Harvey Lillard, o homem que recebeu o primeiro ajuste.

A história de Harvey é envolta em leves controvérsias que sondam as diversas versões, mas segue aqui baseado nos textos do próprio D.D. e de B.J., seu filho.

Harvey era zelador (ou porteiro) do prédio onde D.D. trabalhava, e foi procurar por seu atendimento. Relatou ser surdo há 17 anos e que era incapaz de ouvir os sons da rua. Disse que ficou em uma posição apertada e que sentiu algo acontecer na coluna. Ao verificar a colua de Lillard, D.D. notou um "calombo" em uma vértebra, e com um movimento rápido reposicionou a vértebra, o que restaurou sua audição.

Nesse ponto existem duas versões.


Em uma delas a vértebra ajustada foi T4, isso consta no THE SCIENCE, ART, AND PHILOSOPHY OF CHIROPRACTIC, do próprio D.D. Palmer, publicado em 1911. Anos mais tarde, B.J. relatou que na verdade, a vértebra que havia sido corrigida era Axis, e que seu pai não queria que ninguém soubesse pois temia as consequências. Quanto aos críticos B.J. se explicou de forma clara:


"Como eu sei que foi Axis e não T4? Porque eu estava lá, e vi o que meu pai fez, e vi onde ele fez, e foi em Axis!


...Aquilo poderia ser um deslocamento? Se fosse, era perigoso tentar corrigir com as mãos...

...Ele não queria que ninguém fizesse coisa alguma no pescoço, era perigoso e ele temia isso. Temia a tal ponto que alertou seus primeiros alunos "Fiquem longe do pescoço, porque vocês podem produzir paralisia e, assim, destruir o meu novo trabalho que está apenas começando a tomar forma. Se alguns de vocês meninos brincarem com pescoços e paralisar alguém, destruirão facilmente o meu novo trabalho, antes que eu possa estabelecê-lo."


Assim nasceu a Quiropraxia, há quem diga que tanto a profissão quanto o próprio D.D. Palmer são nada mais que frutos do ambiente e seu tempo, o que acaba sendo verdade para todos os grandes gênios.


É um erro pensar que a Quiropraxia foi pioneira na área de manipular a coluna. Na mesma época, Andrew Taylor Still criou a Osteopatia e é evidente que tanto Still quanto Palmer aprenderam muito com os então "Bone Setters", "manipuladores de ossos". Há boatos de que Palmer tenha aprendido com Still, mas parecem ser infundados, tanto pelas diferenças nítidas entre a Quiropraxia e a Osteopatia, quanto pelo fato de que D.D. nunca escondeu o nome de seu mentor, Jim Atkinson.


D.D. sequer afirmava ser o criador da manipulação, e dizia que não fora o primeiro a corrigir uma subluxação na coluna, mas fora o primeiro a fazê-lo pelo processo espinhoso e processo transverso, de uma única vértebra.






* Algumas fontes dizem que foi em 6 de março, e em Port Perry. Sobre a data, o próprio D.D. e seu neto Dave deixaram escritos que foi dia 7 e não 6. Sobre o local exato as coisas complicam, talvez porque o D.D. não se lembrava muito bem dos dias de recém nascido.

** Stephan Palmer, avô de D.D. Palmer, era britânico e foi para o Canadá em meados de 1700.