O Ministério do Trabalho e Emprego - MTE reconhece a atividade de Bacharel em Quiropraxia no Brasil

Nos dias 30 e 31 de março de 2012, um comitê formado por quiropraxistas, osteopatas, autoridades do MTE e da FIPE – Federação Instituto de Pesquisas Econômicas da USP, descreveram em pleno acordo as atividades dos bacharéis quiropraxistas e dos osteopatas no Brasil para especificar as diferenças entre cada área e permitir a inclusão dessas ocupações na CBO – Classificação Brasileira de Ocupações.


Vale ressaltar que a ocupação "quiropraxista" já fora incluída no CBO em 1994 e atualização na versão de 2002, porém, esta versão tinha como base os profissionais conhecidos como pioneiros, que atuavam antes de 1990. Com a recente inclusão, entra a ocupação de Bacharel em Quiropraxia, denominando assim os quiropraxistas formados em ensino superior.

Embora tudo tenha sido acertado, a publicação oficial no site da CBO/MTE será em Janeiro de 2013

Quiropraxia é para TODA a FAMÍLIA

 Sim, a Quiropraxia é para toda a família, do mais pequenino e jovenzinho – e mesmo recém-nascidos - até os mais experientes e vividos, sem limite mínimo ou máximo de idade.

Além disso, a pessoa apresentando dores na coluna ou estando completamente saudável, o quiropraxista irá avaliar da mesma forma, procurando determinar se há subluxações prejudicando o funcionamento do corpo e as corrigindo.



Apesar da cultura do tratar ou prevenir dores, a Quiropraxia é muito maior que isso, e atua na vida em seu aspecto mais amplo. É por amarmos nossos parentes e amigos que devemos indicar os cuidados quiropráticos, melhorando a vida de todos eles.

Pensem em uma família totalmente ajustada! Na qual os pais, avós e filhos estão sem subluxações, vivendo o melhor que seus corpos podem oferecer. Com consultas regulares para se manter sem interferências na coluna e associando bons hábitos, a vida tem tudo para ser muito melhor, repleta de saúde e boas relações pessoais.

Se seus amigos e parentes ainda não se consultam, vale a pena recomenda-los, ou mesmo leva-los até seu quiropraxista, afinal quem ama cuida, e quem ama ainda mais, cuida com Quiropraxia!